REGISTROS FOTOGRÁFICOS

.

.
.

5 de set de 2017

Carta aberta aos moradores de Goiana esclarece os 10 pontos sobre o Paço Municipal Heroínas de Tejucupapo


Em carta aberta divulgada em redes sociais, internautas, músicos, produtores culturais, artistas assinam e esclarecem alguns pontos sobre a polêmica acerca do antigo prédio da prefeitura.

"1. Em 2014, o prédio sede do gabinete do prefeito já estava fechado por não comportar o espaço necessário, e pela má conservação;

2. O prédio não foi DOADO para o Governo do Estado, o prédio continua sendo do município de Goiana, e a sua entrega está (ou estava) prevista para a segunda semana de setembro de 2017. O prédio está sendo REFORMADO e READEQUADO pela PRODETUR-NE através do Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID;

3. O plano que apresentou os novos usos para o prédio que estava fechado, e transformá-lo em Paço das Heroínas de Tejucupapo, foi apresentado, discutido e debatido com a população. Através de escutas e uma Audiência Pública em 21 de Maio de 2014. “Diante da presença de agentes culturais e turísticos, artistas goianenses e autoridades, realizou-se um debate sobre a viabilidade do projeto onde os participantes elencaram suas sugestões e críticas ao projeto que tem por objetivo a revitalização do sítio histórico da cidade, requalificando-o como atrativo turístico” ( para conferir algumas comunicações sobre, segue os links no fim do texto).

4. A reforma da antiga sede do gabinete do prefeito, foi realizada para que o prédio se transformasse no Paço das Heroínas de Tejucupapo, que terá como utilidade, funcionar como Centro de Atendimento aos Turistas; Memorial de Goiana; Espaço para exposições temporárias, Espaço para o Patrimônio Material e Imaterial de Goiana; Espaço de coworking (compartilhamento de espaço e recursos entre pessoas que trabalham não necessariamente na mesma área de atuação), Quiosques para comercialização de produtos criativos e Palco ao ar livre.

5. Junto com a reforma do Paço das Heroínas, que é o primeiro ponto de partida de uma proposta de ação de desenvolvimento turístico do estado de Pernambuco, que também prevê a revitalização da Praça do Carmo, da Igreja de Nossa Senhora dos Homens Pardos e da Praça Rio Branco (no baldo do rio), assim como a elaboração do estudo de uma via fluvial como uma alternativa de passeio.

6. Goiana está como uma das principais cidades estratégicas identificada em várias pesquisas e levantamentos técnicos sobre o potencial de desenvolvimento com o turismo e cultura. Porém o turismo no Litoral Norte ainda está em processo de desenvolvimento e estruturação. Por isso que Goiana embora reúna grande potencial em termos de atrativos, as ações que desenvolvam ofertas de produtos, equipamentos e serviços ainda estão em fase inicial. O projeto do Paço das Heroínas de Tejucupapo, junto com seus desdobramentos, é de extrema importância para a revitalização do Sítio histórico de Goiana.

7. Sendo o turismo um sistema aberto, o seu processo produtivo integra componentes dos sistemas naturais, culturais, sociais e econômicos, além das relações de mercado que envolvem oferta, demanda, distribuição e consumo. De modo a obter sustentabilidade de mercado, a oferta turística de qualquer localidade, considerando atrativos, equipamentos e serviços específicos e correlatos, necessita estar bem estruturada enquanto produto, associada à cultura local e possuir flexibilidade para adaptar-se às novas tendências.

8. O prefeito que se elegeu propagando uma visão de gestor moderno e eficiente, mostra que não passa de outro político retrógrado, autoritário, e incapaz de pensar estratégias para setores mais sutis, porém de extrema importância para o município. Pesquisas apontam que a ‘Carência de recursos para a conservação” e “Elevados custos de manutenção e conservação das edificações do núcleo histórico” são uns dos problemas fundamentais, e que por ironia do destino as pesquisas dizem que o principal problema sobre os gestores municipais é a Prevalência de decisões políticas de caráter pessoal sobre critérios técnicos.

9. A ação irresponsável do atual prefeito Osvaldo Rabelo Filho, de convocar seus cargos comissionados e redirecionar os estudantes das escola municipais para empunhar faixas simulando um falso apelo popular, mostra mais a sua incompreensão e inadequação como gestor público para pensar estratégias viáveis para uma política de desenvolvimento do turismo e da cultura de Goiana. Já que não se capta banalmente R$ 2, 3 milhões pra reformar um prédio e pensa-lo para uso proativo de atrativo de desenvolvimento local. Além de que o seu comportamento autoritário e arrogante coloca em cheque outros investimentos e parcerias com órgãos de nível estadual, nacional e internacional, já que ele não consegue manter e firmar contratos e termos de obrigação para pensar o município, mesmo mediante de vários processos legais de escuta e decisão popular.

10. O atual comportamento inadequado do atual Gestão compromete novas parcerias, e compromete a implementação e o desenvolvimento de outras ações que estavam atreladas com a reforma do Paço das Heroínas de Tejucupapo, assim como consta no Plano de Desenvolvimento do Turismo no Centro Histórico de Goiana – PRODETUR (2014):"

10.1 - AÇÕES ESTRUTURAIS:
1. Adequação dos acessos e promoção de melhoria física da malha viária do circuito turístico;
2. Requalificação dos passeios (para o circuito a pé) e canteiros da via principal;
3. Requalificação das praças: implantação da arborização e do mobiliário urbano;
3. Melhoria e expansão da iluminação pública;
4. Melhoria da sinalização de trânsito: semafórica e horizontal;
5. Implantação de ciclovias e bicicletários;
6. Implantação de quiosques e pequenas áreas para escoação e apresentação dos produtos criativos e da cultura popular.

10.2 - AÇÕES DE VALORIZAÇÃO DOS ATRATIVOS DO CENTRO HISTÓRICO ASSOCIADAS ÀS ESTRATÉGIAS DO MOVIMENTO GOIANA CRIATIVA:
1. Inserção dos representantes da Igreja Católica e da Comunidade para legitimação do Plano;
2. Implantação da sinalização turística indicativa e informativa;
3. Implantação de painéis e placas interpretativos em frente aos monumentos tombados;
4.Iluminação monumental para edifícios e espaços públicos;
5. Divulgação do patrimônio e da cultura locais: mídias, produção fotográfica e gráfica;
6. Inclusão dos atores e valores do patrimônio imaterial no circuito de eventos: grupos locais de dança, música e canto, teatro, crenças e cerimônias;
7. Preparação, formatação e lançamento de Chamada Pública de Roteiros para Audiovisual coma temática da história das Igrejas dos homens Pretos, Pardos e Brancos; Conjunto Carmelita, Heroínas de Tejucupapo e libertação dos escravos antes da promulgação da Lei Áurea;
8. Preparação, formatação e lançamento de Chamada Pública para Gravação e Edição dos roteiros de audiovisual vencedores;
9. Definição de Termo de Referência para contração de Plano de Marketing para o Centro Histórico, que inclua definição de estratégias e canais de comercialização e distribuição, inclusive via web.

10.3 - CAPACITAÇÃO E GESTÃO
1. Atualização dos gestores públicos e de empreendimentos privados;
2. Formação de guias turísticos locais;
3. Capacitação para atividades produtivas: gastronomia, artesanato e
restauração de obras de arte e patrimônio.

Assinam: 

André Pina - Realizador audiovisual e Poeta.

Caio Dornelas - Cineasta e Produtor cultural.

Carlos Cavalcanti - Cineclubista e Produtor cultural.

David Borges de Fraga - Historiador.

Edilson Oliveira – Artesão, Produtor cultural e Presidente da AUAG. 

Emanuelly Leite _Realizadora Áudio Visual.

Ezter Liu - Escritora e Colaboradora em projetos culturais.

Flávio Juba - Fotógrafo, músico  e realizador audiovisual.

Ilton Ferreira - Realizador audiovisual e Produtor cultural.

Jandson Souza - Produtor cultural e Cineclubista.

Jefferson Batista - Artista visual, Animador e Produtor cultural

Luziano Jardim - Músico e Produtor cultural do KAOS.

Mery Lemos - Cineclubista, Realizadora audiovisual e Produtora cultural.

Philippe Wollney - Poeta e Produtor cultural. 

Renatto Mendonça - Realizador audiovisual.

Sam Silva – Musicista e Produtora Cultural.

Tayná Nunes - Realizadora audiovisual e Produtora cultural.

Vidal de Sousa- Criatura de arte.

Vilmar Filho - Produtor cultural, Cineclubista e Realizador Audiovisual.



PARA SABER MAIS SOBRE

Subsídios Para A Elaboração De Plano De Gestão Da Conservação Do Núcleo Histórico De Goiana-PE : http://www.ct.ceci-br.org/…/acervo-…/category/2-cursos.html….

Plano Estratégico para o Desenvolvimento do Turismo no Centro Histórico de Goiana - Produto 1 – DIAGNÓSTICO DO TURISMO (2014)

Banco Interamericano do Desenvolvimento (BID) : 

Programa Nacional de Turismo (Prodetur nacional-PE)

SOBRE A AUDIÊNCIA PÚBLICA:





SOBRE A REALIZAÇÃO DA AUDIÊNCIA:





Nenhum comentário:

Postar um comentário