REGISTROS FOTOGRÁFICOS

.

.
.

24 de out de 2017

Alerta Celular da SDS já recuperou mais de 350 aparelhos


Uma média de 55% dos Crimes Violentos contra o Patrimônio (CVP) registrados em Pernambuco está atrelada ao roubo de celulares, cuja facilidade de comercialização serve como moeda de troca entre criminosos. Com o intuito de inibir esse tipo de prática, a Secretaria de Defesa Social (SDS) lançou, no mês de março, o Programa Alerta Celular, que também tem contribuído para restituir aparelhos roubados a seus respectivos donos. Ao todo, mais de 350 celulares roubados ou furtados já foram devolvidos desde o lançamento da ferramenta.

“Saímos de zero aparelho restituído, nos meses de janeiro e fevereiro, para 350 celulares devolvidos até o momento. Um número importante, mas que ainda é considerado baixo para o universo de celulares à espera dos donos em delegacias de todo o Estado. Por isso, é fundamental que as pessoas façam o cadastro do IMEI do aparelho no Alerta Celular. É fácil e rápido e pode contribuir para inibir esse tipo de crime", explicou o chefe da Polícia Civil, Joselito Kehrle do Amaral.

Só na Delegacia de Boa Viagem, mais de 100 aparelhos ainda aguardam para serem devolvidos aos donos. “Diariamente, apreendemos celulares nas mãos dos mais diferentes tipos de criminosos, já que é uma moeda de troca útil, principalmente para traficantes. Então, ao cadastrar o aparelho no Alerta Celular, a população está dificultando o repasse desse equipamento. Assim, quebramos uma cadeia de crimes que pode terminar facilmente em um homicídio”, comentou o Diretor Integrado Metropolitano da Polícia Civil, Joel Venâncio.

Desde que o Alerta Celular foi lançado, no mês de março, cerca de 60 mil aparelhos já foram cadastrados. “Os números refletem que a ferramenta está funcionando bem. Além disso, recentemente, reforçamos o trabalho com 500 tablets para os policiais militares utilizarem durante as abordagens. Agora, precisamos atingir mais celulares cadastrados, pois assim, além de sabermos quem é o dono do aparelho, podemos evitar o roubo, punir quem está alimentando o crime e chegar a quem está roubando”, finalizou o gerente de Análise Criminal e Estatística da SDS, major Jonas Moreno.

CADASTRO - Para efetuar o cadastro, é preciso acessar o site da SDS (www.sds.pe.gov.br), ir à ferramenta Alerta Celular, disponibilizada no painel Destaque, no lado direito da página. No cadastro, o usuário precisa informar o IMEI - Identificador Internacional de Dispositivo Móvel, que é uma série de códigos numéricos que todo aparelho possui com registro na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Esse número se obtém com uma consulta à nota fiscal ou à caixa do aparelho. Além disso, é facilmente encontrado usando o teclado do próprio celular: basta digitar *#06#, que o código aparecerá na tela (uma série de 15 dígitos).

Assessoria

Nenhum comentário:

Postar um comentário