REGISTROS FOTOGRÁFICOS

.

.
.

6 de jul de 2018

Alunos do Sesi Goiana representam Estado na Olimpíada do Conhecimento

Grupo é uma das 48 equipes que apresentam pesquisas para especialistas da USP na Escola do Futuro
O talento dos alunos do Sesi Goiana se destaca novamente. Desta vez, o reconhecimento é para a qualidade da pesquisa desenvolvida na área de reaproveitamento de resíduos, que foi escolhida para representar o Estado na Mostra de Ciências e Engenharia, que integra da Olimpíada do Conhecimento, e acontece até esta sexta-feira (06), em Brasília. A equipe está no seleto grupo de 48 times de estudantes do Ensino Médio que vão apresentar propostas científicas de solução inovadora para problemas reais.

Os alunos Marcos de Oliveira, Débora Fernandes e Rodolfo Prazim desenvolveram com a orientação da professora Lidiane de Souza um estudo sobre a destilação do chorume para produzir biodiesel. A pesquisa está sendo apresentada para especialistas da USP como proposta de inovação científica e tecnológica de solução viável para o problema do descarte do chorume, que caso se infiltre no solo pode contaminar os lençóis freáticos inviabilizando o uso da água. Para isso, os alunos identificaram uma solução de repercussão muito positiva. "Além de resolver o problema do chorume, a pesquisa se propõe a contribuir para ampliar a produção do combustível limpo, o biodiesel", informa a professora. A Mostra faz parte da categoria Escola do Futuro, da Olimpíada do Conhecimento, um dos maiores eventos científicos do país.

"Para nós do Sesi Pernambuco participar de um evento deste porte é uma grande satisfação, pois é uma oportunidade para apresentar ao país a competência dos nossos alunos. Uma satisfação ainda maior quando lembramos que neste ano completamos 70 anos de presença em Goiana com frutos como este: jovens talentosos elaborando soluções inovadoras para problemas sérios, que afetam o meio ambiente", afirma o superintendente da instituição, Nilo Simões.

Um grupo de alunos do Sesi Paulista também participa do evento, com uma pesquisa sobre a purificação das águas para ser reutilizada por comunidades ribeirinhas do município.


Nenhum comentário:

Postar um comentário