3 de jul. de 2014

Centenário do Cine-Teatro Polytheama, em Goiana, vai passar em branco? E para que serve mesmo este equipamento cultural?


Quando a gente circula pelo estado é que descobre barbaridades na Cultura. Inaugurado em 1914, o CINE-TEATRO POLYTHEAMA, na cidade de Goiana, foi reformado pela Fundarpe em 2010, graças ao Promata, um extinto programa do Governo do Estado de Pernambuco.

Acontece que o convênio que deveria ser feito com a Prefeitura Municipal de Goiana nunca foi firmado, e a gestão do equipamento cultural pertence à gestão municipal que, segundo os artistas de lá, abre espaço para tudo - encontro de vendedoras de cosméticos, formaturas, desfiles - menos para o TEATRO e a DANÇA.

O pior é que 2014 é o ano do CENTENÁRIO do teatro, e, pelo visto, nenhuma programação especial de comemoração até agora foi pensada. 

O Cine-Teatro Polytheama, que viveu tempos áureos com as visitas do Grupo Gente Nossa nos anos 1930 e 1940, assim como com os espetáculos sociais mensais do Conjunto Artístico Peixoto Júnior, da própria cidade de Goiana, não merece este descaso. 

Texto e Foto: TAVEIRA JUNIOR (Produtor)



Nenhum comentário:

Postar um comentário