REGISTROS FOTOGRÁFICOS

.

.
.

8 de out de 2014

Descaso: Idosa recebe da Prefeitura colírios fora da validade. Com isso, o glaucoma só se agravou


Com glaucoma ( elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo ótico) há mais de 2 anos, Bemvinda Pereira, de 78 anos,  precisa usar o colírio Bimatoprosta diariamente. 

O medicamento é distribuído gratuitamente na Farmácia Popular, de responsabilidade da Prefeitura. Há cerca de um mês, a aposentada recebeu da farmácia dois medicamentos. 



Após algumas semanas de uso, os olhos da idosa apresentavam secreções. Com isso, o quadro se agravou. Os colírios distribuídos pela farmácia estavam fora da validade. Os medicamentos estavam com datas dos meses de julho e agosto.


Responsável pela idosa, Moises Fenelon, contou que procurou a Ouvidoria da Prefeitura para relatar o problema, mas só a encontrou fechada. 

Ele contou ainda que após ter feito a denúncia, ele teria sido procurado por pessoas da Prefeitura. “Essas pessoas vieram aqui na minha casa, me procuraram e pediram os medicamentos. Não resolveram nada. Acho que queriam apenas abafar o caso”, contou. 

Enquanto isso, a idosa segue sem os medicamentos que deveriam estar sendo usados diariamente. Moises Fenelon registrou um Boletim de Ocorrência na delegacia. Ele pretende entrar com uma ação contra a Prefeitura. 

Procurada pela reportagem, a Prefeitura ainda não se pronunciou.



Fonte: Blog do Anderson Pereira


Nenhum comentário:

Postar um comentário