REGISTROS FOTOGRÁFICOS

.

.
.

11 de out de 2014

Público-alvo: Saber definir faz toda a diferença para a sua empresa.


Público-alvo é o grupo de pessoas que é escolhido como clientes principais, aquelas quem você irá dedicar as ações de comunicação e marketing da sua empresa. Definir esse público vai depender de critérios pessoais ou de um estudo de mercado, com o intuito de atender todas as necessidades dos clientes.

Detalhe quem é o seu público-alvo o máximo que você puder. Classe social, gênero, faixa etária, nível educacional, tamanho da família, tamanho da renda, localização geográfica, enfim, o objetivo é criar um relatório completo para delimitar a qual parcela do público valerá a pena dedicar as maiores atenções, pois "É melhor falar bem com os vizinhos do que mais ou menos com todas as pessoas do bairro", como diz o professor Paulo Tamanaha, autor do livro Planejamento de mídia: teoria e experiência.

Listo algumas dicas para determinar o público-alvo da sua empresa:

- Comece com a realização de pesquisas, tanto para saber sobre o mercado que você está inserido, quanto para saber sobre a necessidade do seu público.

- Determine quem é o seu público principal, delimitando um grupo específico no qual acarretará mais lucro para a sua empresa. Afinal, quem tenta agradar todo mundo acaba não agradando ninguém.

- Defina uma estratégia de comunicação, procurando identificar os canais mais eficientes que chegam aos seus clientes e definindo ações para eles, levando em conta o retorno de cada um e os custos investidos.

- Organize ofertas que atendam as necessidades do seu público principal. 

Exemplo: Digamos que você abra uma lavanderia próximo a um campus universitário, onde conta com vários prédios residenciais e o perfil dos moradores sejam de estudantes e pessoas solteiras. Assim, uma estratégia louvável seria criar ofertas de lavagem de roupas a quilo, visto que esse público tem um tempo escasso para se dedicar aos trabalhos domésticos.

- Evite confundir o seu gosto com o gosto dos clientes. Se ponha do outro lado do balcão para definir os produtos, a arquitetura da empresa, a decoração, a abordagem ao cliente. Ter profissionalismo para isso é essencial. 

- Tenha uma relação de parceria com os seus clientes. Pergunte o que poderia melhorar no seu negócio, escute e compreenda quais são suas reais necessidades. Observe o seu comportamento de compra, para poder ajustar da melhor forma a sua operação. 

Uma coisa é certa, abrir uma empresa sem entender para quem está vendendo é assumir riscos que podem afeta-la de forma negativa. Definindo um público-alvo, você terá condições de comunicar de maneira muito mais eficiente, receber os seus clientes muito melhor, atendê-los dentro de suas necessidades e oferecer toda a satisfação que eles desejam, criando motivos para que eles retornem ao estabelecimento.

Escrito por nosso Colunista Elthon Taurino

Nenhum comentário:

Postar um comentário