25 de nov. de 2014

Dois filmes produzidos na Zona da Mata Pernambucana estarão na programação do 16˚ Festcine

Cine São Luis

O Mistério do Carmo - categoria formação - direção coletiva - Goiana e
O Que Se Memora - competitiva principal - direção Caio Dornelas / Ernesto Rodrigues - Goiana foram os dois filmes produzidos na Zona da Mata Pernambucana que estarão na programação do 16º Festcine.

O Governo de Pernambuco, através da Secretaria de Cultura (Secult-PE) e da Fundarpe, e a Prefeitura do Recife,divulgaram a lista dos 62 filmes selecionados para participar das mostras competitivas da 16ª edição do FestCine – Festival de Curtas de Pernambuco. De todos os títulos concorrentes, 14 integram a Mostra de Formação e 48 fazem parte da Mostra Geral. O FestCine 2014 acontece de 1 a 5 de dezembro, no Cinema São Luiz, e irá reunir grande parte da recente produção audiovisual pernambucana nas áreas de ficção, documentário, videoclipe, animação e experimental.

Confira AQUI a lista dos selecionados.

Foram analisados 84 filmes inscritos, que passaram pelo crivo da Comissão de Seleção, composta por oito integrantes: Adriana Gehres, Andreza Portela, Carla Francine, Mauro Lira, Mozart Oliveira, Shirley Hunther, Toni Braga e Yanara Galvão. Desses, três foram desclassificados por não serem de realizador pernambucano ou residente no estado nem produtora pernambucana. Os demais foram analisados observando as qualidades técnica e artística das obras, assim como os demais critérios estipulados na convocatória: Argumento, roteiro, criatividade, desenvolvimento e abordagem. Os produtores dos filmes selecionados têm até o dia 17 de novembro (segunda-feira) para entregarem na Fundarpe os filmes em formato MOV H264 para exibição.

Em breve, será divulgada a grade das mostras competitivas e os integrantes das comissões julgadoras do Festival, que escolherão os 17 premiados em troféu e dinheiro, além das 10 premiações que envolvem os filmes de todas as categorias da Mostra Geral, com o Troféu Fernando Spencer, que são: Melhor Direção, Melhor Fotografia, Melhor Montagem, Melhor Roteiro, Melhor Produção, Melhor Direção de Arte, Melhor Trilha Sonora, Melhor Som, Melhor Ator e Melhor Atriz.

No total, os prêmios somam R$ 66 mil, distribuídos de acordo com a colocação do filme na premiação. Os cinco primeiros colocados na Mostra Competitiva Geral levam R$ 5 mil cada; os cinco segundos colocados serão premiados com R$ 4 mil cada; e os cinco terceiros colocados ganha R$ 3 mil. Já na mostra de formação, serão escolhidos dois vencedores, um em ficção, outro em documentário. Cada um recebe R$ 3 mil.

Comissão de seleção

Adriana Gehres
Doutora em Motricidade Humana-Dança pela UTL-FMH, Professora Adjunta da Universidade de Pernambuco. Assessora de dança da SECULT-PE. Diretora do Centro de Formação e Pesquisa das Artes Cênicas Teatro Apolo Hermilo no período de 2002 a 2005. Coordenadora Geral do Festival de Dança do Recife no período de 2003 a 2005. Produtora independente na área da dança contemporânea.

Andreza Portela
Formada em Turismo e especialista em Gestão e Produção Cultural. Trabalha com audiovisual desde 2005. Foi produtora executiva do premiado curta “Mais um domingo”. Atualmente é Coordenadora de Música da Secretaria de Cultura do Estado de Pernambuco.

Carla Francine
É jornalista e especialista em Gestão e Produção Cultural. Atua no audiovisual há mais de 20 anos e participou das equipes de mais de 200 produções. Dirigiu o curta Koster, as séries para TV Viva os Brincantes a Arte Naïf no Brasil. Foi diretora de produção e assistente de direção do longa Moro no Brasil, de Mika Kaurismaky. Idealizadora e produtora do Festival Nacional do Making Of e dos projetos Cultura Popular: Aulas Espetáculos Itinerantes e Cinema na Cidade. Desde 2007 é coordenadora de audiovisual da SECULT-PE/Fundarpe.

Mauro Lira
Experiência diversificada adquirida ao longo de 20 anos nos vários segmentos de marketing cultural, projetos educativos, sociais e de entretenimento abrangendo desde a concepção, estruturação, realização e finalização, atuando como produtor. Participou em projetos e serviços de educação, cultura e lazer, realizador do documentário Santo Guerreiro, criador dos projetos Olhar do Alto e Taxi Cultural. Atualmente integra a equipe da coordenadoria de Audiovisual da Secretaria de Cultura – Secult/PE.

Mozart Oliveira
Atua como curador do cineclube Cine GAMR e como instrutor de Iniciação ao Cinema no Ponto de Cultura Fábrica de Cultura (Projeto Dê Ouvidos Ao Conselho – O Estatuto É Para Todos), ambos localizados em Gravatá, agreste pernambucano. Participa da atual gestão da FEPEC (Federação Pernambucana de Cineclubes) exercendo o cargo de Secretário Geral.

Shirley Hunther
É jornalista e relações públicas, pós-graduada em jornalismo cultural pela Universidade Católica de Pernambuco. Há dois anos integra a equipe da coordenadoria de audiovisual. Ministra a Oficina de Cinema e Educação. É secretária-geral da Federação Pernambucana de Cineclubes. Atua há 20 anos em movimentos sociais voltados para jovens e mulheres. Foi produtora do longa-metragem Cinderelas, Lobos e um Príncipe Encantado (Rio de Janeiro, 2008, Joel Zito).

Toni Braga
O designer, fotógrafo e ilustrador Toni Braga cresceu na profissão, junto com o maracatu da Zona da Mata, do Mestre Salustiano (de quem foi produtor artístico). Com 25 anos de profissão, iniciou sua formação como técnico em artes gráficas na ETEPAM (Escola Técnica Prof. Aluísio Magalhães), passando pelas aulas de desenho com Abelardo da Hora, pelas múltiplas possibilidades das artes visuais apresentadas por Paulo Bruscky, Daniel Santiago e Silvio Hansen; da pintura de João Câmara, Delano, Gil Vicente, José de Moura, José Carlos Viana.

Yanara Galvão
Cineclubista, produtora cultural e pesquisadora em Políticas Culturais no Brasil com ênfase no audiovisual/cinema. Idealizadora e coordenadora do cineclube “Cine Alto do Moura”, projeto contemplado pela ação do Cine Mais Cultura, Caruaru. Facilita oficinas de iniciação audiovisual e formação cineclubista. Desde 2013 é presidente da Federação Pernambucana de Cineclubes – FEPEC.

Fonte: Portal da Cultura

Nenhum comentário:

Postar um comentário