1 de dez. de 2014

Câmara devolve projeto de Lei 006/2014 para Prefeitura fazer alterações

O projeto de Lei 006/2014, que segundo a Prefeitura de Goiana possibilitará a construção de 840 casas populares em Tejucupapo, não será mais colocado em pauta para votação na Câmara Municipal, ao menos por enquanto.


Os vereadores entraram em um acordo e o projeto voltará para o Poder Executivo, que deverá fazer mudanças significativas exigidas pela bancada oposicionista. Caso as exigências sejam atendidas, quando o projeto voltar para a Câmara poderá ser aprovado até mesmo por unanimidade. 


O vereador Arnaldo Oliveira, conhecido por ser um dos parlamentares mais técnicos da atual legislatura, afirmou durante a sessão da última terça-feira (25), que nenhum vereador é contra a construção das casas populares. "Nós queremos que as casas sejam construídas. Se o projeto voltar com as modificações que são necessárias, não tem problema algum", disse.

Segundo informações exclusivas apuradas pelo Blog do Felipe Andrade, o presidente da Câmara, Renato Sandré, está pessoalmente mediando as tratativas entre situação e oposição sobre este projeto que pode representar o sonho da casa própria para 840 famílias goianenses.

A minoria tem a força - A bancada oposicionista na Câmara Municipal de Goiana mostrou sua força. Mesmo sendo minoria, conseguiu um vitória expressiva ao "barrar" o projeto de Lei 006/2014. Mas, esta me parece ser, também, uma vitória da democracia goianense. Pois, situação e oposição conseguiram dialogar sobre o tema em bom nível.

Fonte Blog do Felipe Andrade

Nenhum comentário:

Postar um comentário