4 de fev. de 2015

O Galo da Madrugada 2015 homenageia Carlos Fernando com o tema "Asas da América, asas para o frevo"

Arte: Rafael Guimarães

“O Galo da Madrugada tem sempre procurado inspirar seu desfile de Carnaval em personagens ou símbolos ligados à cultura nordestina, como Enéas, Luiz Gonzaga, Ariano Suassuna e o Rio São Francisco. Para 2015, a escolha recaiu sobre um dos mais brilhantes compositores de frevos. Carlos Fernando, CF ou ‘Charles’, como era chamado pelos amigos, foi, talvez, o mais aguerrido, inovador e ousado de todos os defensores de nosso frevo”, afirma o presidente do Galo da Madrugada, Rômulo Meneses.
Carlos Fernando é natural de Caruaru e faleceu em 2013, aos 75 anos, em decorrência de um câncer de próstata e infecção pulmonar. O artista era o nome e a mente por trás do projeto Asas da América, responsável por popularizar e modernizar o frevo no Brasil inteiro. A coletânea de sete LPs, que se firmou a partir da década de 80, reuniu grandes nomes da cultura MPB cantando frevo. A série foi relançada em 2009, em edição comemorativa e remasterizada. No mesmo ano, ele também foi celebrado pelo Carnaval da Prefeitura do Recife.
Entre os intérpretes das composições do homenageado, ao longo de sua carreira, estão personalidades como Chico Buarque, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Zé Ramalho, Gal Costa, Fagner, Jackson do Pandeiro, Lula Queiroga, Lenine e outros. As populares “Banho de Cheiro” e “Canta Coração”, reconhecidas na voz da cantora Elba Ramalho e Geraldo Azevedo, por exemplo, são algumas das composições de Carlos Fernando.
Um dos ícones do Frevo, Carlos Fernando participou da produção do CD duplo “100 Anos de Frevo – É de Perder o Sapato”, em 2007, quando o ritmo foi reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro. Já em 2014, ele ganhou homenagem do Museu Memorial de Caruaru, onde foi criado um espaço em seu nome. As próximas novidades serão os lançamentos da segunda edição do livro “Banho de cheiro – Carlos Fernando em pequenas doses”, criado pelos amigos Ítalo Rocha, Bode Valença, Décio Valença e Ricardo Thibau, e também de um CD do projeto Asas da América, que contará com 10 dos maiores sucessos de Carlos Fernando e músicas inéditas.
“É uma honra para mim e para minha família fazer parte dessa homenagem e poder viver isso. Desde pequena, via na televisão o Bloco Galo da Madrugada arrastando uma multidão fervente pelas ruas do Recife, ficava maravilhada de ver tanta gente junta, tanta energia e alegria. Um ano após a morte de meu pai, recebo a notícia de que ele será o homenageado e meu coração se enche de alegria em saber que essa multidão unida cantará suas músicas. Enquanto vivo, ele não me levou ao Bloco, mas nesse dia o Bloco vai me levar até ele”, comenta Joana Bizzotto.
Assim como a filha do homenageado, Rômulo Meneses ressalta a felicidade na escolha de Carlos Fernando para tema do próximo Carnaval. “Esperamos que essa homenagem seja não apenas um reconhecimento pelo que ele realizou em sua vida, mas, sobretudo, uma grande provocação para que nossos compositores e músicos sejam mais ousados e, a exemplo do CF, não deixem o movimento Asas da América estagnar e continuem a criar novas formas, abrindo mais espaço para o frevo”.

Fonte: Site Oficial
Autorizado por: Laís Siqueira

Nenhum comentário:

Postar um comentário