REGISTROS FOTOGRÁFICOS

.

.
.

6 de out de 2015

Funcionários públicos continuam ocupando prefeitura de Gravatá por tempo indeterminado

Funcionários Públicos passaram a noite inteira na prefeitura aguardando posicionamento do Poder Executivo (Foto: Divulgação SINDSGRA)

Funcionários Públicos da Prefeitura de Gravatá continuam ocupando pacificamente o Palácio Joaquim Didier, sede do Poder Executivo municipal. A ocupação teve início nesta última segunda-feira (5) e não tem prazo para encerrar. A medida foi tomada em assembleia conjunta entre Sindicato e Associações pelo descumprimento de pauta de reivindicações acordadas com a administração.

As entidades solicitam audiência com o prefeito Bruno Martiniano para cobrar medidas enérgicas para reajustes de salários, elaboração de Plano de Cargos Carreiras e Remuneração (PCCR), promoção dos Guardas Municipais, realização de concurso público e a criação de uma Comissão Multidisciplinar para elaboração de Perfil Previdenciário Profissiográfico.

De acordo com o Advogado Dr. Heverton Edrey Lopes, a ocupação não está interferindo os trabalhados do órgão e não ferem a constituição. Ainda segundo o advogado, a Procuradoria-geral da prefeitura despachou um ofício solicitando a desocupação do palácio, o que não foi cumprido. A prefeitura deve protocolar ainda hoje no Fórum Desembargador Pedro Ribeiro Malta um pedido judicial para que os funcionários retomem as atividades e desocupem o prédio. O prefeito não se manifestou oficialmente sobre o episódio.

Fonte: gravatanoticias.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário