REGISTROS FOTOGRÁFICOS

.

.
.

7 de out de 2019

O Show Cesto de Frutas acontece neste dia 11/10 (sexta-feira), em João Pessoa-PB

Usina da Música apresenta dia 11 de outubro (sexta-feira), às 20h, o Show Cesto de Frutas do cantor e compositor Gil de Rosa (Gilberto Nascimento).

O Show Cesto de Frutas traz de volta aos palcos da capital paraibana a dupla da música popular brasileira (MPB) formada pelo casal de artistas Gil de Rosa e Marta Nascimento com participações super especiais do músico, compositor e cantor Júnior Targino (violão), do contrabaixista Emanuel Rudá, Taty Freire e Victor Freire. O show de aproximadamente 1 hora e 50 minutos, reúne músicas dos CDs “Puramente Misturado”, “Ela me Ensinou a Comer Flores” e “Flor-estrela e Borboleta” de Gil de Rosa, “Prefiro Ser Romântica” de Marta Nascimento, dos CDs “Do Jeito da Vida” e “Eu Plural” da banda paulista Tribo Terra, da qual Gil e Marta eram integrantes nos 90 e início dos anos 2.000, além de outras ainda não registradas em CD. “O show leva o nome da música “Cesto de Frutas” do meu CD “Puramente Misturado”, em referência a rica diversidade cultural do país em que vivemos e onde são tratadas temáticas variadas nos mais diversos estilos, tais como, baladas, canções, sambas, baiões, xotes e até mesmo blues”, declara Gil de Rosa.


O Show Cesto de Frutas é beneficente em parceria com a Comissão de Articulação do Laicato da Arquidiocese da Paraíba. A sala Vladimir Carvalho funciona na Usina Cultural Energisa localizada na Rua João Bernardo de Albuquerque, 243 - Tambiá, João Pessoa – PB.

Os ingressos estão à venda no valor de R$ 15,00 (preço único) através do número (83) 99981-7605 ou pelo e-mail gamainez@gmail.com

SOBRE

- GIL DE ROSA E MARTA NASCIMENTO são paraibanos e estiveram radicados em S. Paulo desde o início dos anos 80, onde formaram a banda Tribo Terra juntamente com outros parceiros paulistas e atuaram na cena daquele estado, tocando em bares, teatros e casas de shows pelo interior e capital, até retornarem a J. Pessoa em 2012. Classificaram e defenderam suas músicas em alguns festivais pelo país, dentre os quais, o Mapa Cultural Paulista de Música, Fampop (Feira Avarense de Música Popular), Forró Fest (na Paraíba), Exposamba (S. Paulo), Festival de Música do Sesc da Paraíba – Todas as Tribos, Festival Nacional da Canção de Minas Gerais, Viola de Todos os Cantos da TV Globo de Campinas e no Festival da Música Brasileira da TV Globo Nacional. Neste último, defendeu a sua música “O Vaqueiro e o Violeiro”, juntamente com o grande músico, compositor e cantor Dominguinhos, com o qual gravou. Gil e Marta já fizeram algumas apresentações em shows de lançamento de seus CDs em J. Pessoa, em locais como o Sesc, Fenart (no Espaço Cultural), Teatro Paulo Pontes, Teatro Santa Rosa, Teatro Edinaldo de Egito, entre outros, e agora se uniram a esses dois amigos e competentes músicos paraibanos para realizarem algumas apresentações em bares e casas de shows de J. Pessoa.

GIL DE ROSA

Em 1978 transferiu-se para Barra Bonita, interior de S. Paulo, para trabalhar como engenheiro mecânico, sua formação acadêmica, onde reside desde então. É integrante da Tribo Terra, grupo musical formado em meados de 1989 em Barra Bonita, o qual, movido pela identificação crítica dos seus componentes, tem se dedicado a idealização e a realização de espetáculos musicais em teatros, centros culturais, bares do estado. O trabalho do grupo consiste na interpretação de músicas, crônicas e poemas dos integrantes do grupo e de grandes nomes da música brasileira/latino-americana. Para conhecer a Tribo Terra entre no site www.triboterra.com.br

Pela Tribo Terra já gravou 2 CDs autorais (“Do Jeito da Vida” e “Eu Plural”) com várias músicas de sua autoria e em parceria com outro integrantes do grupo (Marta Nascimento e Américo Ereno) e outro parceiros mais antigos com Humberto de Almeida (Jornalista e letrista paraibano) e o músico e compositor paraibano Dida Fialho.

– Participações em festivais– Já classificou e defendeu várias de suas músicas em importantes festivais de música no Brasil, tais como:

– Xoteblue pra Desmaterializar (Gilberto Nascimento e Américo Ereno) – Composição de 96, inspirada na Bienal da Arte (A Desmaterialização da Arte no Final do Milênio) daquele ano – Finalista do Mapa Cultural Paulista de 97. Gravada no primeiro CD da Tribo Terra.

– Navegante (Gilberto Nascimento) – Finalista do Mapa Cultural Paulista de 2000 e finalista do Festival de Música de Jaú de 2005.

– Campo de Girassóis (Gilberto Nascimento e Américo Ereno) – Finalista do Mapa Cultural Paulista de 1998. Gravada no segundo CD da Tribo Terra.

– Fogueira (Gilberto Nascimento e Américo Ereno) – Dedicada ao índio pataxó Galdino – Classificada no Festival de Música Ecológica de Santa Bárbara do Oeste. Gravada no segundo CD da Tribo Terra.

– O Vaqueiro e o Violeiro (Gilberto Nascimento e Américo Ereno) – Classificada no Festival de Música Brasileira da TV Globo de 2000 – Defendida no festival e gravada no segundo CD da Tribo Terra com a participação especial de Dominguinhos.

– Essa Negra (Gilberto Nascimento – Humberto de Almeida – Marta Nascimento e Américo Ereno) – Classificada no Festival Viola de Todos os Cantos.

– A Fábula dos Lobos Jerebas e Guebas Num Galope a Beira-mal (Gilberto Nascimento e Américo Ereno) – Classificada na FAMPOP (Feira Avareense de Música Popular) de 2004. Gravada do primeiro CD solo de Gilberto Nascimento – Gil de Rosa – Puramente Misturado.

MARTA NASCIMENTO

Marta Nascimento é Paraibana de João Pessoa. Em 1980 mudou-se para Barra Bonita, no estado de São Paulo, ficando até 2012. No ano de 1983, juntamente com Gilberto, o Gil de Rosa, seu esposo e Américo Ereno, deram início ao Grupo Tribo Terra, com o qual ficaram entre os 05 melhores do estado de São Paulo, no Mapa Cultural Paulista, durante 03 anos consecutivos. O grupo participou de vários festivais, inclusive do Festival de Música Brasileira, promovido pela Globo e subiram ao palco com o grande Dominguinhos defendendo O vaqueiro e o violeiro de Gilberto Nascimento. Com o grupo tem dois CDBs gravados, “do jeito da vida e Eu plural”. Por motivos profissionais, o Grupo se desfez no ano de 2003 e já que ela tinha várias composições, resolveu lançar seu primeiro trabalho solo em 2004 em Barra Bonita, Tom cigano. Compõe por intuição e costuma falar que não tem estilo e sim, sentidos.

Marta Nascimento é radialista com locução em TV, dessa forma durante 10 anos produziu e apresentou o Programa Olho Clínico.na TVC Jaú. Esse programa tinha como meta mostrar o autor de qualquer área artística, onde o mesmo, podia falar e mostrar a que veio. Pra ela, foi muito produtivo estar no meio artístico, porque assim continuou compondo. Lançou em 2007 o CD Prefiro ser romântica em Barra Bonita, em 2011 o CD Olhando daqui, também em Barra Bonita e no ano de 2012 voltaram a morar em João Pessoa, onde estão até o momento.

Em 2013, no Sesc paraibano Centro, lançou o CD "A flor que cuidei diferente" e em 2015, o CD só com sambas, no SESC Gravatá, " Correr o risco de cantar”. Tem participações em festivais como, o: Festival Nacional da Canção, Viola de todos os cantos, Exposamba, Festival de Música Paraibana, etc.

Várias participações musicais em Casas de show, Teatros, Sesc e barzinho, fez parte da sua trajetória. No momento, se reserva a fazer algumas mostras nas casas de show de João Pessoa e quando é instigada, compõe. Nas suas últimas composições tem como parceiras, Mércia Santos, psicóloga e Kira Lins, poeta, ambas paraibanas. Voltaram aos palcos desde agosto de 2019, dando início a uma temporada paraibana com o show CESTO DE FRUTAS, juntamente com o Gil de Rosa. www.palcomp3.com.br/nascimentomarta/

PARTICIPAÇÕES

- JÚNIOR TARGINO, muito conhecido na cena cultural da Paraíba, é natural de Catolé do Rocha, músico compositor, arranjador e educador. Participou de diversos festivais, tais como, MPB Tec, Forró-Fest, Sesc, Canta Nordeste, FEMPOP e outros. Tem participações em shows de artista renomados, como Elomar, Xangai, Vital Farias, Gal Costa, Leila Pinheiro, Renato Brás e outros. Em anexo o currículo mais completo desse competente músico, compositor e arranjador.

- EMANUEL RUDÁ, o jovem músico instrumentista e compositor também técnico de áudio, é atualmente contrabaixista da Banda Imbalança e já tocou com diversos cantores paraibanos, tais como Melanio Maia, Meire Lima e outros. No seu DNA a figura emblemática do músico, compositor e cantor paraibano Bebé de Natécio, seu pai.

- TATY FREIRE, grande intérprete de vários estilos musicais faz uma participação especial nesse show.

- VICTOR FREIRE, dono de uma excelente voz, também nos honra com a sua participação vocal.

Serviço

Show Cesto de Frutas

Local: Sala Vladimir Carvalho - Usina Cultural Energisa

Endereço: Rua João Bernardo de Albuquerque, 243 - Tambiá, João Pessoa – PB.

Data: 11 de outubro – sexta-feira

Horário: 20h

Duração: Aproximadamente 1 hora e 50 minutos

Classificação: Livre


Fotos: Reprodução-divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário